1 de janeiro de 2012

Não precisa nem pedir duas vezes meu amor, essa é a minha forma de paixão...

Queria que você gostasse de mim por mim. Caótico, distraído, perigosamente despreocupado. Meio despenteado, tão preocupado com coisas vagas. Queria que você também se encantasse com minhas imperfeições.

— Caio Fernando Abreu

Nenhum comentário:

Postar um comentário